• Novidades

    Evento “Tap In Rio” retorna ao Rio de Janeiro trazendo sapateadores do Brasil e Exterior

    Entre os dias 20 e 25 de janeiro (segunda a sábado), amantes da dança se reunirão no Tap In Rio, tradicional encontro de sapateadores que acontece anualmente no mês de janeiro. 


    Tap In Rio | Foto: Sally Cohn Photo

    Mais que um encontro, a iniciativa é um evento consolidado no país e no mundo que reúne os melhores profissionais do meio, incluindo centenas de alunos em torno de aulas, apresentações, mesas-redondas e outras atividades.

    Nesta edição, o Tap In Rio contará com 35 professores “pesos pesados” da modalidade no Brasil como Steven Harper e Adriana Salomão, idealizadores do evento e toda equipe, que vem fazendo acontecer no estilo de sapateado, além da estrela do sapateado internacional Chloe Arnold (indicada ao Grammy Awards em 2018).

    O festival de sapateado americano foi uma iniciativa de Steven Harper e Adriana Salomão que nasceu em janeiro de 2002. A ideia era ser um simples curso de verão de sapateado americano, que ao longo dos anos, foram se firmando e não para de crescer. A primeira edição, ao longo de 5 dias, contou com 5 professores, 5 cursos e 3 master classes e atraiu em torno de 40 participantes. Em 2018 as atividades se estenderam por 6 dias, com 34 professores, 15 cursos, 32 master classes e mais de 350 sapateadores de diversas partes do Brasil e do mundo – em 2020, virada de década, esperamos bater a marca de 400 participantes.

    O evento tem como meta principal o desenvolvimento e aprimoramento do sapateado no Brasil, auxiliando na formação de profissionais, além de fomentar um ambiente colaborativo entre os profissionais brasileiros, trazendo consciência sobre suas raízes e sua história, expandindo os limites artísticos do sapateado e instigando o interesse pela modalidade.

    Steven Harper conta que o número de praticantes e o interesse pelo sapateado está crescendo rapidamente no Brasil - em parte graças ao Tap in Rio - mas o mercado profissional para a modalidade é restrito e sua presença no cenário cultural brasileiro ainda é limitada. “Se quisermos desenvolver um verdadeiro mercado para o sapateado no Brasil, temos de fazê-lo aqui, em território nacional, por isso a prioridade dada aos profissionais brasileiros. Além disso, mais do que reproduzir a estética do sapateado “feito nos EUA”, o Tap in Rio procura incentivar o crescimento de um sapateado com “sotaque brasileiro”, enfatizando “o jeito brasileiro” de dançar e sentir a música”, conta o idealizador.

    Steven e Adriana se orgulham de promover um evento que tem se tornado ao longo dos anos de fundamental importância para a afirmação do sapateado em nosso país, não só pela quantidade de alunos e profissionais reunidos, mas pela criação de um ambiente de respeito, amizade e colaboração entre os praticantes, academias, festivais, companhias, núcleos de produção e amantes dessa arte no país.

    A dupla conta que longo de seus 19 anos, o evento contribuiu de forma decisiva para o crescimento profissional de grande parte dos jovens sapateadores em destaque hoje. Uma verdadeira Lista Vip da modalidade no Brasil, ele reúne a cada ano os melhores sapateadores e oferece um quadro de professores de alta qualidade, privilegiando profissionais atuantes no país. Mas o evento ganha também reputação internacional, recebendo um número crescente de participantes vindo da Argentina, Chile, Colômbia, Uruguai, Estados Unidos e de diferentes países da Europa. Profissionais de destaque mundial, notadamente Chloe Arnold, madrinha do evento, que estará participando pela 12° vez em 2020, encontram no Tap in Rio esse “algo a mais” que os faz querer voltar ano após ano. O evento, sem sombra de dúvidas, está no mapa mundial do sapateado.

    SERVIÇO
    Tap In Rio

    Data: de 20 a 25 de janeiro (segunda a sábado)

    Informações, programação e inscrições: www.tapinrio.com.br

    Av. Nossa Senhora de Copacabana, 1138 - Copacabana, Rio de Janeiro - RJ

    Nenhum comentário