• Novidades

    Meditação ajuda estudantes a se prepararem para o Enem e vestibulares

    Benefícios das práticas meditativas vem sendo descobertos por escolas e estudantes, contribuindo para reduzir a ansiedade e melhorar a concentração às vésperas dos grandes exames


    Já foi dada a "largada" para a temporada das principais provas nas quais jovens de todo o País tentarão conquistar uma vaga no Ensino Superior. A "maratona" começa com o Enem, neste início de novembro; e se prolonga pelos próximos meses, com os vestibulares das principais universidades públicas e privadas do País. A expectativa de conseguir a tão sonhada aprovação geralmente é acompanhada de ansiedade e estresse, que podem ser reduzidas com uma prática que, até então, parecia ter pouco a ver com o ambiente educacional: a meditação.

    Segundo Daniela Degani, idealizadora da MindKids, empresa que se dedica à promoção do mindfulness (conceituando de forma simplificada: colocar atenção plena em tudo o que se faz), "a meditação desenvolve a habilidade de lidar, de maneira mais eficaz, com situações de estresse, proporcionando maior energia e entusiasmo pela vida, melhor autoestima, aumento na capacidade de relaxar e redução dos níveis de dor".

    Degani ministra cursos e workshops voltados à disseminação da prática da meditação junto a professores e alunos, tanto de escolas públicas quanto privadas. Para a idealizadora da MindKids, que atua em parceria com a Base2Edu (rede que conecta profissionais e iniciativas voltadas à transformação da Educação), apesar de a juventude ser caracterizada como uma fase de mudanças e inquietações, o que poderia tornar pouco atrativo o hábito de meditar, é possível encontrar meios que atraiam a atenção dos jovens para essa prática. "A proposta precisa ser adaptada para essa faixa etária, o que pode ser feito, por exemplo, com analogias a situações que fazem parte do cotidiano dos jovens, como a ansiedade na véspera de uma prova ou um evento importante", explica.

    Nenhum comentário