• Novidades

    Hotel ibis chega a Trujillo com foco no segmento corporativo

    Accor chega à terceira cidade mais importante do peru com seu décimo hotel no país

    Hotel ibis chega a Trujillo com foco no segmento corporativo | Foto: Divulgação

    A cadeia hoteleira de origem francesa Accor inaugurou oficialmente o hotel ibis Trujillo, localizado na Rua Santa Teresa de Jesús, 149, Urb. La Merced, uma das zonas residenciais mais importantes da região e com fácil acesso a diversas empresas estatais e privadas, clínicas, restaurantes e centros comerciais, assim como à principal avenida de ligação entre o aeroporto e a cidade.

    Franck Pruvost, COO da Accor para os Países Hispânicos, destaca: “estamos muito felizes com nossa chegada à Trujillo, região estratégica no Peru para uma série de segmentos como agroindústria, mineração, manufatura e metalurgia, entre outros. A Accor é a primeira cadeia internacional que chega à cidade com o apoio da nossa marca mais importante mundialmente: a ibis”.

    Foto: Divulgação

    O hotel ibis Trujillo tem nove andares e 112 quartos, divididos entre standard, duplos e acomodações para hóspedes com necessidades especiais. Conta com restaurante e bar, oferece café da manhã no sistema de buffet, estacionamento, recepção 24 horas, wi-fi, business center, loja de conveniência e sala de reuniões com capacidade para oito pessoas. Além disso, aceita animais de estimação de até 15 quilos.

    O projeto contou com investimentos de cerca de US$ 12 milhões da Ingevec e imobiliárias Amsal e Cantabria.

    Estamos expandindo significativamente nossas operações na Colômbia e Chile e agora, com esse empreendimento no Peru, conseguiremos consolidar a ibis como a maior rede de hotéis econômicos da América do Sul, completou Pruvost.


    Mercado hoteleiro atraente

    O segmento de hotelaria em Trujillo tem se mostrado altamente dinâmico com o desenvolvimento de diversos projetos hoteleiros e aumento no número de pessoas que visitam a cidade, a qual, nos últimos anos, tem registrado um crescimento superior à média anual de 14%.

    Os projetos de desenvolvimento do aeroporto de Trujillo, que hoje conta com uma quantidade maior de voos nacionais e conexão direta com Santiago do Chile, também têm contribuído cada vez mais para a expansão do setor hoteleiro.

    Trujillo tem um mercado turístico muito interessante. Mais de 80% das pessoas que visitam a cidade são viajantes corporativos ligados aos setores agrícola, industrial e de construção. Desse total, 15% são estrangeiros. A ideia é fomentar a herança cultural relacionada tanto ao passado colonial da cidade quanto ao legado cultural dos povos chimu e mochica.

    Segundo um estudo de mercado realizado pela DML-HTA Consulting, 40% dos turistas estrangeiros que visitam a cidade de Trujillo são provenientes da América do Sul, 30% da Europa e 19% dos EUA.

    Pruvost comenta também que a rede vê oportunidades em Arequipa e Piura, cidades com mais de 150 mil habitantes, onde há a possibilidade de abertura de uma unidade ibis para impulsionar o turismo nacional.

    Pontos turísticos

    Próximo ao ibis Trujillo e a poucos quarteirões do centro histórico encontra-se o Jardim Botânico, único pulmão verde da cidade, ideal para quem quer desfrutar a natureza sem gastar nada. O jardim, que cumpre um papel muito importante para a proteção da biodiversidade, abriga plantas da região costeira e serrana e também das florestas peruanas, além de diversas espécies de animais.

    Outro ponto turístico localizado nas proximidades do hotel é o Coliseo Gran Chimú, centro de eventos esportivos, culturais e empresariais e símbolo da cidade de Trujillo. Todos os anos, em janeiro, o local se transforma na sede do Concurso Nacional de Marinera, festividade símbolo da cidade que inclui as pasacalles (paradas com danças típicas) e concursos de cavalos de passo (raça conhecida no mundo todo por caminhar a quatro tempos), ambos considerados patrimônios culturais do país pelo governo peruano. A cada ano, o festival tem cativado mais e mais turistas provenientes de todas as partes do mundo.

    A Plaza de Armas de Trujillo é considerada uma das praças mais bonitas do Peru. Sua história e tradição são descritas por meio de esculturas e peças talhadas em metal que contam parte do processo de independência do país e as principais atividades econômicas da cidade. De 15 de dezembro de 2019 a 6 de janeiro de 2020, a praça será palco do “Festival de Luzes e Cores de Trujillo”, atração do Centro Histórico que contará com a apresentação de corais natalinos todas as noites. São oferecidos city tours clássicos que incluem visitação à Plaza de Armas, à catedral, às casas Urquiaga e Emancipación, ao Palácio Iturregui e ao Museu de Arqueologia. O city tour, que custa cerca de R$ 50,00, dá direito a entradas e a um guia turístico oficial.

    A apenas 8 km ao sul de Trujillo encontra-se a Huaca del Sol y la Luna, um complexo arqueológico considerado um santuário da cultura moche. Composto por um conjunto de monumentos, o local foi a capital do povo mochica entre os séculos I a VII d.C., que usava predominantemente barro e adobe (tijolos de barro) para construir seus templos religiosos, oficinas de artesanato e residências.

    Nenhum comentário