• Novidades

    Artemisia integra articulação da Semana Global de Empreendedorismo

    EMPREENDEDORISMO DE IMPACTO NAS PERIFERIAS

    Maure Pessanha | Foto: Marco Torelli Artemisia

    A maior celebração mundial voltada ao empreendedorismo acontece de 18 a 24 de novembro de 2019. Com o tema "Empreender é viver o futuro hoje", a Semana Global de Empreendedorismo (SGE), que acontece em mais de 170 países, tem como objetivo inspirar, conectar e capacitar jovens e adultos que se interessem por empreendedorismo.No Brasil, a Artemisia é uma das parceiras da iniciativa e compõe o conselho da SGE ao lado membro do conselho nacional ao lado da Aliança Empreendedora, Anjos do Brasil, Anprotec, Brasil Junior, CONAJE, Endeavor e Junior Achievement.

    Com o tema “Empreender é viver o futuro agora”, a 12ª edição da Semana Global de Empreendedorismo (SGE) mobilizará, de 18 a 24 de novembro, milhões de pessoas em mais de 170 países. No país, nos últimos três anos, o movimento reuniu mais de 2,5 milhões de brasileiros em torno de cerca de 10 mil atividades – o que faz da SGE brasileira a maior do mundo. Membro do Conselho Nacional da SGE, a Artemisia integra a maior celebração mundial voltada ao empreendedorismo com iniciativas cadastradas no site do movimento, além de apoiar a disseminação da temática de negócios de impacto social, dando ênfase ao empreendedorismo periférico.

    Segundo Maure Pessanha, diretora-executiva da Artemisia, o SGE abre uma oportunidade importante para dar visibilidade e debater os diferentes formatos do empreendedorismo – e como eles dialogam com os desafios socioeconômicos do Brasil. Esse ano, a adesão da organização pioneira no fomento e aceleração de negócios de impacto social será focada no empreendedorismo de impacto que surge nas periferias. “Acreditamos na força do empreendedorismo para construir soluções que possam transformar a vida das pessoas. Os empreendedores de impacto que vivem e atuam nas periferias, por exemplo, enxergam possibilidades frente aos desafios presentes no dia a dia das comunidades, tornando a inovação social um instrumento de protagonismo. É uma parte importante do movimento do empreendedorismo no Brasil e merece visibilidade. A força do empreendedorismo de impacto está associada a novas formas de se debruçar sobre problemas sociais complexos; um pensar inovador, criativo e interessado em lidar com questões de forma sustentável. Hoje, com a experiência de quase 15 anos de atuação da Artemisia, enxergamos o quanto o empreendedorismo é uma ferramenta poderosa de transformação em diversos sentidos”, analisa.

    Para apoiar uma nova geração de empreendedores de impacto social surgida nas periferias de São Paulo – e que tem se firmado como potência de inovação, impacto e superação –, a Artemisia se tornou uma das articuladoras da Aceleradora de Negócios de Impacto da Periferia (ANIP), iniciativa criada em 2018 pela produtora A Banca em parceria com a FGVcenn. Os desafios e aprendizados dos empreendedores de impacto que atuam nas periferias – cuja proposta é criar pontes para ligar as periferias e o centro por meio de trocas, desconstruindo as barreiras sociais e econômicas para aproximar os dois lados da cidade – tem sido a matéria-prima de processos de aceleração de negócios como Boutique de Krioula, Empreende Aí, Gastronomia Periférica, Enjoy Alimentação Orgânica, Jaubra, HOTD, Kitanda das Minas, entre outros.

    Segundo Maure, Artemisia, A Banca e FGVcenn se uniram por um sonho em comum: potencializar o desenvolvimento de negócios de impacto social na periferia com soluções voltadas para endereçar desafios sociais e ambientais. “Além de apoiar, queremos também incentivar o surgimento de novos negócios de impacto dentro das periferias, que hoje representam uma parcela pequena dentro do ecossistema de empreendedorismo de impacto. Trabalhamos para criar pontes entre empreendedores acelerados provenientes de realidades distintas”, afirma.

    Edição 2019

    Com o tema “Empreender é viver o futuro hoje”, a 12ª edição da Semana Global de Empreendedorismo (SGE) tem o objetivo de inspirar, conectar, capacitar jovens e adultos interessados no empreendedorismo. Durante sete dias, acontecerão palestras, workshops, oficinas, feiras, cursos, debates, competições online. No Brasil, a programação se estende ao longo de todo o mês de novembro. O Sebrae é a instituição host, responsável pela coordenação nacional com o Conselho da SGE, composto pela Aliança Empreendedora, Anjos do Brasil, Anprotec, Artemisia, Brasil Junior, CONAJE, Endeavor e Junior Achievement; além de órgãos do poder público, empresas, organizações não governamentais, incubadoras, aceleradoras, entre outros agentes da sociedade.

    A cerimônia de abertura será em 18 de novembro, no Palácio do Planalto; na mesma semana, acontecerá “A casa do empreendedor”, no Sebrae Nacional, evento presencial de inspiração de empresários com transmissão via web. As pessoas ou organizações interessadas em participar das ações de mobilização podem conhecer mais sobre a iniciativa e obter materiais de apoio no site do movimento: www.empreendedorismo.org.br

    Nenhum comentário