• Novidades

    Tudo o que você precisa saber sobre dentes sensíveis

    Como evitar o desconforto causado por comidas muito quentes, geladas ou doces

    Comer alimentos como sorvete, sopa ou doce pode ser uma delícia para algumas pessoas, porém muitas evitam o consumo de comidas do tipo por terem muita sensibilidade nos dentes. Para ajudar quem tem o problema, o Dr. Fábio Bibancos, ortodontista e consultor da GUM, marca americana de cuidado bucal, dá algumas dicas sobre como prevenir e amenizar o incômodo:

    Por que os dentes ficam sensíveis?

    A sensibilidade é causada principalmente por fatores como retração da gengiva, isto é, quando ocorre perda de esmalte dental ou o tecido da gengiva retrai, expondo a dentina que recobre o nervo. “O contato da dentina com alimentos muito quentes ou gelados, até mesmo doces, podem provocar a dor aguda e repentina, característica da sensibilidade”, explica.

    Tem como prevenir?

    Utilizar escovas de cerdas macias, não colocar muita força na escovação e a realizar a higiene bucal três vezes ao dia, podem ser suficientes para prevenir o desconforto. Além disso, o acúmulo de placa bacteriana entre os dentes causa inflamação na gengiva, problema que pode deixar da raiz do dente exposta e, por consequência, causar a sensibilidade. Por isso, o uso do fio dental ou de alternativas como o fio dental com cabo é fundamental na eliminação da placa bacteriana. 

    Visitas ao dentista são importantes também porque existem outros fatores que podem ocasionar a retração gengival como mordida desequilibrada e piercing, explica.

    Utilizar pasta de dente para sensibilidade resolve o problema?

    Não, a pasta de dente para sensibilidade ajuda a aliviar o sintoma, porém não resolve a causa do desconforto. O ideal é consultar um dentista quando o problema surgir porque o tratamento varia de acordo com a origem da sensibilidade. No caso de uma retração leve, higienizar os dentes adequadamente, com uma escova macia e de forma suave ajuda a evitar a formação de placa e danos à gengiva. Já no caso de retrações mais graves são necessários tratamentos odontológicos como recobrimento da raiz exposta, entre outros.

    Ao avaliar a causa da sensibilidade, o dentista pode recomendar produtos, analisar hábitos e realizar procedimentos para evitar e/ou resolver o problema, pontua.


    Clareamento dental causa sensibilidade?

    O clareamento dentário é um tratamento que entra em contato com a superfície do esmalte do dente, por isso, existe a possibilidade de que os dentes fiquem mais sensíveis. Alguns relatam a sensibilidade durante o clareamento e outras pessoas relatam sensibilidade após o clareamento. O grau de sensibilidade vai variar de pessoa para pessoa.

    “Para prevenir problemas mais graves, consulte um profissional especializado, já que só assim é possível garantir que a substância clareadora será administrada de maneira correta e na dosagem adequada, sem prejudicar os dentes e a gengiva”.




    O fio dental com cabo da GUM tem Vitamina “E” e Flúor, que trazem mais benefícios para a saúde da gengiva. O formato ergonômico também facilita o alcance de espaços de difícil acesso de modo mais prático do que o fio dental tradicional. Além de ter sabor menta.

    Nenhum comentário