• Novidades

    É preciso se adaptar à economia para atrair clientes

    Principalmente no ramo gastronômico, a procura muda e o bolso do consumidor não pode pesar

    Com a grande taxa de desemprego hoje em dia, é comum – e até esperado, que gastemos menos para economizar o dinheiro guardado. Até mesmo no lazer, opções mais baratas são cada vez mais escolhidas, inclusive na alimentação.

    Na hora de sair para um encontro, com os amigos ou em família, aproveitar o momento é o principal, mas não se pode fazer isso estando preocupado a todo o momento com o quanto irá gastar.

    Foto: Divulgação

    Os clientes procuram alternativas mais em conta, mas isso não precisa significar perder a qualidade, conta Gustavo Romero, proprietário do SINA Fast Casual Burguers.

    Que os consumidores estão propensos a gastar menos é um fato. Por isso, estabelecimentos de alimentação se adaptam para não perder os clientes. É preciso oferecer um preço acessível e manter a qualidade.

    Para o SINA, que sempre teve seu slogan baseado em “comida de qualidade por preços amigáveis ao bolso”, o principal é saber adequar-se ao mercado e ao próprio público que frequenta o local.

    “É importante também manter o cliente, não apenas se mostrar atrativo uma vez pelo valor”, comenta Romero. Além da qualidade, promoções podem não ser o bastante para manter o cliente, mas outros detalhes como o bom atendimento podem fazer do seu cliente fantasma, um recorrente.

    Serviço: SINA Hamburgueria Fast Casual Burgers
    Chef Gustavo Romero
    @sinafcb
    www.sinafcb.com.br

    Rua Brigadeiro Franco, 3444, no bairro de Água Verde.

    Nenhum comentário