• Novidades

    Andrew Charles Jenner mostra porque empresas se voltam para o gerenciamento de energia

    Foto: Divulgação

    Porque está na moda falar de gerenciamento de energia para empresa?


    Na maioria das organizações, a energia é um importante centro de custos diz Andrew Charles Jenner. Especialistas da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos descobriram que as contas de energia ocupam 33% do total das despesas operacionais da empresa.

    À medida que as empresas crescem, os padrões de uso de energia mudarão. Os custos de energia seguirão uma trajetória ascendente a longo prazo. Por esta razão, a energia é agora uma dor de cabeça emergente para os executivos da empresa. A pressão para manter baixos os custos de operação e otimizar a produtividade é maior do que nunca.

    A boa notícia é que o potencial de economia de energia está crescendo. Tecnologia, regulamentações e novos modelos de negócios estão surgindo. Estes criam oportunidades onde as empresas podem ser mais eficientes no uso de energia. O gerenciamento de energia é uma ferramenta que as empresas podem usar para atingir metas de produção, sustentabilidade e redução de custos. Mas primeiro vale a pena saber o que é e por que é importante.

    O que é gerenciamento de energia?


    O gerenciamento de energia é um processo de monitoramento e controle do uso de energia. O objetivo é obter uma redução líquida no uso total de energia em uma instalação. Implica as seguintes tarefas:
    Recolha de dados sobre o seu consumo de energia usando telemetria de eficiência energética ou um simples medidor de energia
    Encontrar oportunidades para economizar energia
    Calculando quanta energia e dinheiro cada oportunidade poderia economizar
    Implementando as melhores medidas de conservação de energia

    Rastreamento de progresso


    O sucesso do gerenciamento de energia está em quão bem o gerente de energia entende o negócio. Os bons gerentes de energia conhecem os padrões de uso de energia em seus edifícios, como as costas de suas mãos. Eles sabem que o gerenciamento de energia não significa apenas comprar a tecnologia mais avançada do mercado e instalá-la no local. Trata-se de olhar para o negócio como um sistema e encontrar as coisas que precisam de intervenção. O gerenciamento de energia pode ser tão simples quanto rotular os interruptores de luz. Também pode ser complexo como visando mudanças comportamentais. O gerenciamento eficaz de energia analisa quais medidas de conservação fazem sentido para os negócios quando se trata de custo e impacto.

    Por que o gerenciamento de energia é importante?


    A implementação de uma estratégia holística de gerenciamento de energia traz mais benefícios além da redução de energia. O gerenciamento eficaz da energia minimiza a exposição da empresa à volatilidade do preço do petróleo. Muitas empresas estão mais conscientes do seu uso de energia agora porque querem ser protegidas das flutuações do preço do combustível fóssil. As reservas decrescentes de petróleo obrigam as empresas a buscar fontes alternativas de energia confiável. Ter uma estratégia de gerenciamento de energia se torna importante para manter os negócios em movimento.

    Além disso, o gerenciamento eficaz de energia permite que uma empresa atinja seus objetivos de sustentabilidade. Você sabia que as emissões de gases de efeito estufa podem ser reduzidas em até 40% se todas as empresas tivessem um plano energético eficaz? No relatório da EPA dos EUA, os múltiplos benefícios da eficiência energética e energia renovável, os especialistas descobriram que 30% da redução de energia por empresa pode reduzir significativamente as emissões de gases de efeito estufa em todo o mundo. Imagine a quantidade de gás de efeito estufa que pode ser mitigada se o consumo de energia por empresa for menor em 50%.

    Outro benefício interessante do gerenciamento de energia é uma imagem corporativa aprimorada.

    A maioria dos consumidores está ciente das questões ambientais do mundo. Manter uma boa reputação da empresa está se tornando uma expectativa de várias partes interessadas. Assim, ter um plano de gerenciamento de energia é uma ótima maneira de mostrar o compromisso de uma empresa com a sustentabilidade. Isso dá à empresa uma vantagem sobre seus concorrentes, que deixam as coisas como estão.


    As empresas que podem navegar por esse complexo panorama energético têm potencial para se tornarem líderes. Uma estratégia de gerenciamento de energia é uma ferramenta importante para atingir metas de produção, metas de sustentabilidade e redução de custos. Vale a pena entender quanto dinheiro está sendo gasto em energia para identificar onde vai o grosso do pagamento. Andrew Charles Jenner diz que a economia real pode ser desbloqueada ao encontrar oportunidades dentro da empresa. A gestão eficaz de energia não deve ser negligenciada se a empresa pretende se impulsionar para frente.

    Nenhum comentário