• Novidades

    AirHelp traz inteligência artificial para ajudar passageiros a reivindicar seus direitos


    Empresa alia alta tecnologia com serviço aos viajantes

    A AirHelp, empresa líder mundial em compensação de voo, traz o aplicativo móvel ‘Boarding Pass Scanner’, com o qual os passageiros podem verificar sua elegibilidade para compensação diretamente no aeroporto e abrir uma reivindicação instantaneamente. Tudo o que é necessário é fazer o download do aplicativo e tirar uma foto do cartão de embarque para saber imediatamente a saber se você tem direito a uma indenização de até R$ 2.400,00.


    Você pode pedir a compensação direto no aeroporto | Foto: Pexelss 

    E se isso não for suficiente, a AirHelp conta com Herman e Lara, dois robôs-advogados, ou advogados virtuais movidos por inteligência artificial. Herman foi projetado para processar reclamações por compensação de interrupção de voo o mais rápido possível, e a Lara foi desenhada para simplificar as capacidades de processamento legal, sendo capaz de decidir em tempo real se uma reivindicação tem força suficiente para ir ao tribunal com sucesso.


    “Apesar de nos dedicarmos a defender os direitos dos passageiros, somos em primeiro lugar uma empresa de tecnologia especializada em lutar pelos direitos dos consumidores”, acrescentou Da Silva. “Com o aplicativo Boarding Pass Scanner e a criação de advogados virtuais especializados movidos por inteligência artificial, não estamos apenas garantindo que os clientes conheçam imediatamente seus direitos, mas também tentando ser o mais eficiente possível. Lara, por exemplo, foi alimentada com as experiências de milhares de reclamações bem-sucedidas em quase 30 jurisdições, e agora tem um nível de precisão que excede as capacidades humanas.”

    Em média, a cada ano, quase 13 milhões de passageiros em todo o mundo têm direito a serem compensados pelas companhias aéreas por vôos interrompidos por mais de três horas, de acordo com a EC261, uma legislação européia que protege todos os voos dos aeroportos da União Europeia. Para os brasileiros, isso vale para todos os vôos que aterrizam ou partem dos aeroportos da União Europeia operados pelas companhias aéreas da União Europeia. No entanto, apesar disso, apenas 50 por cento dos passageiros elegíveis no Brasil entram com um pedido de compensação. Com cada ação valendo até R $ 2400, isso equivale a mais de R$ 20 bilhões em reembolso que anualmente deixam de ser restituídos.

    Sobre a AirHelp

    A AirHelp é a empresa líder mundial em remuneração de voos, ajudando os passageiros a entender seus direitos e obter compensação por voos atrasados, voos cancelados e casos de embarque recusado. Desde o lançamento em 2013, a AirHelp ajudou mais de sete milhões de pessoas a processar pedidos de compensação de companhias aéreas no valor de quase 800 milhões de euros em reembolso total. A AirHelp tem escritórios em todo o mundo, está disponível em 30 países, oferece suporte em 16 idiomas e emprega mais de 500 funcionários em todo o mundo.

    Nenhum comentário